terça-feira , 23 janeiro 2018
Home / Destaque / Turista escorrega, bate a cabeça e morre em cachoeira na Chapada

Turista escorrega, bate a cabeça e morre em cachoeira na Chapada

A turista goiana Deize Liz Borges, 55 anos, morreu depois de cair e bater com a cabeça durante um passeio pela Cachoeira do Roncador, em Lençóis, na Chapada Diamantina. Deize chegou a ser socorrida pelo grupo que a estava acompanhando na trilha, segundo contou a cunhada Marisa Machado ao jornal Mais Goiás. O grupo tentou levar a vítima para o Hospital Municipal de Andaraí, que fica a 97 km de Lençóis, mas Deize morreu antes de chegar à unidade de saúde.

Ainda de acordo com Marisa, Deize estava de férias com a família, que todos os anos passa o Réveillon em uma casa em Guarajuba, no Litoral Norte baiano. Na sexta-feira (5), quando o acidente aconteceu, a vítima estava acompanhada do marido Antônio Carlos, um dos sócios da concessionária Jorlan, dos dois filhos, Matheus, 25 anos, Ana Carolina, 29, e da irmã Daiene. O passeio foi registrado minutos antes do acidente, no Instagram.

“Na verdade, não foi um acidente, foi uma fatalidade. Infelizmente chegou uma tromba e a água arrastou ela. Período de muita chuva, muita nascente”, contou ao CORREIO a voluntária da Brigada de Resgate Ambiental de Lençóis (Bral), Marta Érica Oliveira, 38, que não estava presente no momento do acidente, mas acompanhou os relatos de conhecidos.

Moradora de Lençóis há 17 anos, e voluntária pelo mesmo período, Marta disse que situações desse tipo são raras. “Em 17 anos que moro aqui, esse é o segundo caso de enchente”, compara. “Segundo soube, a turista estava sem guia. Foi tudo muito rápido. É algo que a pessoa não espera mesmo. A água vem com uma velocidade. Por isso a gente orienta a sair com guia, porque ele tem experiência nessas situações”, alertou.

O corpo de Deize foi levado para Goiânia neste sábado (6), onde está sendo velado no Cemitério Jardim das Palmeiras. O sepultamento está marcado para 9h deste

Veja Também

Temer quer votar reforma da Previdência em fevereiro mesmo que ‘para perder’ por Carla Araújo ...

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: