terça-feira , 17 outubro 2017
Home / Destaque / Polícia encontra corpos e suspeita que sejam de família desaparecida no Norte do Rio Grande do Sul

Polícia encontra corpos e suspeita que sejam de família desaparecida no Norte do Rio Grande do Sul

Polícia suspeita que corpos encontrados no interior de Vitor Graeff sejam de casal e filha, que estão desaparecidos desde maio (Foto: Arquivo pessoal)

Polícia suspeita que corpos encontrados no interior de Vitor Graeff sejam de casal e filha, que estão desaparecidos desde maio (Foto: Arquivo pessoal)

A Polícia Civil localizou corpos de duas mulheres e outro de um homem em uma fazenda no interior de Vitor Graeff, na Região Norte do Rio Grande do Sul, na manhã deste domingo (1). Os policiais chegaram ao local após denúncia de moradores, que encontraram um crânio na mata, local de difícil acesso, enquanto procuravam lenha. A Polícia agora aguarda o resultado dos exames de perícia para confirmar a identidade dos corpos encontrados.

A suspeita é de que os corpos sejam da família desaparecida em maio, na cidade de Colorado. Roberto Terres, a mulher Márcia Johan e a filha, Maria, de 15 anos, saíram de Carazinho, no dia 24 de maio, para buscar um carro, em Colorado, cidade vizinha. As investigações da Polícia apontam que o carro pagaria uma dívida por tráfico de drogas.

Esta é a principal linha de investigação, já que Roberto Terres e o principal suspeito de ser o autor do crime têm antecedentes por envolvimento com drogas.

Eles estavam acompanhados de um vizinho, que dirigiria o carro na volta, mas quando chegaram na casa do suspeito, foram recebidos a tiros. O vizinho escapou. A família não foi mais vista.

O suspeito, um homem de 47 anos e que está preso preventivamente, não confessou o crime. O Ministério Público ofereceu a denúncia ao Judiciário. Foram cinco meses de investigações. Três perícias foram solicitadas, duas delas inconclusivas. Não foi identificada a presença de sangue humano no carro do suspeito. Ele foi indiciado por triplo homicídio qualificado e ocultação de cadáver.

O resultado da terceira perícia ainda é aguardada para comprovar se os protejéis encontrados no local do crime têm relação com a arma encontrada com o suspeito no momento da prisão.

Local foi apontado à Polícia por moradores do entorno de fazenda no interior de Vitor Graeff, que andavam pela região para buscar lenha (Foto: Polícia Civil/Divulgação )

Local foi apontado à Polícia por moradores do entorno de fazenda no interior de Vitor Graeff, que andavam pela região para buscar lenha (Foto: Polícia Civil/Divulgação )

Veja Também

PF cumpre mandado de busca e apreensão no gabinete do deputado Lúcio Vieira Lima, irmão de Geddel

Em um desdobramento da operação que apreendeu em setembro R$ 51 milhões em dinheiro vivo em um ...

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: