terça-feira , 17 outubro 2017
Home / Destaque / Governo liberou R$ 65 mi em emendas parlamentares no dia em que Temer sofreu segunda denúncia

Governo liberou R$ 65 mi em emendas parlamentares no dia em que Temer sofreu segunda denúncia

Temer tenta barrar segunda denúncia na Câmara (Crédito: Beto Barata/PR)

O deputado que reuniu as informações, Alessandro Molon, disse que vai ao Ministério Público denunciar novamente que está havendo compra de votos para barrar a denúncia contra Temer:

‘Os primeiros sinais do governo mostram que ele vai tentar repetir esse comportamento. Nós vamos denunciar ao ministério público e fiscalizar dia a dia. Lamentavelmente, tudo indica que o que o governo quer é garantir votos liberando emendas, algo inteiramente anti-republicano inclusive criminoso.’

De agosto até agora, a liberação de emendas subiu 60%. Naquele mês, a média era de quase R$ 4 milhões por dia; em setembro, mais que dobrou, subiu pra R$ 8,6 milhões. Foi um aumento de 126%. E vai vir muito mais por aí. O Ministério do Planejamento informou que o governo terá R$ 1 bilhão a mais para as emendas parlamentares, mas negou qualquer vínculo com o momento político. A pasta também informou que, com a aprovação da nova meta fiscal, teve autorização para trabalhar com um déficit maior, e é obrigada a destinar o montante para as emendas, que são impositivas.

Veja Também

PF cumpre mandado de busca e apreensão no gabinete do deputado Lúcio Vieira Lima, irmão de Geddel

Em um desdobramento da operação que apreendeu em setembro R$ 51 milhões em dinheiro vivo em um ...

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: