terça-feira , 17 outubro 2017
Home / Destaque / ‘Ele disse que não era correspondido e matou ex-cunhada por amor’, diz delegado

‘Ele disse que não era correspondido e matou ex-cunhada por amor’, diz delegado

Vítima foi morta a pedradas e corpo encontrado em matagal (Foto: Reprodução/Instagram)

Após confirmar autoria na morte da ex-cunhada, o jovem Iago Júnior Alves da Silva revelou a polícia a motivação do crime, enquadrado como feminicídio. Segundo a polícia, o acusado tinha um ‘amor platônico’ pela vítima, Ana Caroline de Sousa Barros, de 18 anos, que foi morta a pedradas em Francisco Santos, Sul do Piauí.

Ao delegado Rodrigo Morais, de Picos, o jovem disse que não era correspondido pela ex-cunhada Ana Caroline e ficou chateado após ela recusar um convite dele para sair. Em depoimento, o acusado contou ter ido atrás da vítima em outra festa, onde a jovem estava.

“Ao encontrá-la nesse local, ele diz que perdeu o controle e acabou cometendo o femicídio. O acusado alega que matou por amor, pelo zelo e cuidado com a vítima”, comentou o delegado.

O corpo de Ana Caroline foi encontrado com o rosto desfigurado e sem blusa em um matagal no povoado 87, zona rural do município. De acordo com o delegado, existia a suspeita da vítima ter sido abusada antes de morrer, mas exames feitos no corpo dela descartaram a hipótese.

A vítima foi casada com o irmão do acusado, inclusive tinha uma filha desse relacionamento. Conforme a polícia, depois da separação o jovem transformou a amizade pela ex-cunhada em amor platônico, mas ela dizia a outras pessoas que não tinha interesse afetivo pelo preso.

“Conseguimos chegar acusado após ele deixar cair um anel ao lado corpo e as câmeras de um posto de combustível registrarem a vítima passeando com o ex-cunhado horas antes do homicídio. Já solicitamos a prisão preventiva e estamos aguardando resposta da justiça”, destacou Rodrigo Morais.

Veja Também

PF cumpre mandado de busca e apreensão no gabinete do deputado Lúcio Vieira Lima, irmão de Geddel

Em um desdobramento da operação que apreendeu em setembro R$ 51 milhões em dinheiro vivo em um ...

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: