sábado , 19 agosto 2017
Home / Destaque / A HISTORIA SE REPETE

A HISTORIA SE REPETE

As campanhas eleitorais feitas na cidade de Ilhéus para a representação na câmara dos deputados sempre foram baseadas num discurso em que o “município não poderia ficar sem eleger um deputado federal”, então a população foi para as urnas e elegeu o deputado federal Raimundo Veloso, que teve um mandato discreto e não conseguiu encher os olhos dos ilheenses. Na tentativa de reeleição, o povo desacreditado depositou nas urnas do município três mil seiscentos e noventa e seis votos para o candidato. Com essa péssima votação dentro do seu reduto eleitoral, o ex-deputado Veloso amargou uma triste derrota com uma votação bem abaixo do que esperava.

A história se repete, esse mesmo discurso foi utilizado na campanha para eleger o atual deputado Bebeto Galvão e mais uma vez o povo que levou para as urnas quase vinte sete mil votos, está decepcionado. Ninguém ouve falar do deputado, um mandato apático onde os munícipes não tem onde levar suas ideias, projetos ou algumas demandas, os segmentos não conseguem nenhum tipo de contato com o seu representante para buscar soluções que ajude no desenvolvimento da nossa tão sofrida cidade. O que ouvimos nas ruas é que “o mandato do deputado Bebeto Galvão está anos luz abaixo da melancólica passagem do ex-deputado Raimundo Veloso” e os comentários que ouvimos dos cidadãos de Ilhéus é que o deputado, se conseguir tirar alguns votos nas próximas eleições, não chegara a três mil. Na praça da prefeitura conhecida como “senadinho” está rolando até apostas para quem adivinhar a quantidade de votos que o deputado terá na próxima eleição. Tem quem diga que ele terá mil e setecentos votos, outros dizem dois mil e duzentos, teve quem chegasse a dois mil e oitocentos, mas o que chama a atenção é que ninguém arriscou mais de três mil votos para o deputado Bebeto Galvão caso venha candidato a reeleição.

Veja Também

Seletiva para o sul-americano e mundial de pesca de 2018 será em Ilhéus

        Três clubes de pesca da Bahia e mais treze de outros ...

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: