sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Menor fere 5 pessoas com facadas em 'ataque de fúria' e é morto pela PM


jovem morte patos de minas (Foto: Aislan Henrique/Arquivo Pessoal)Adolescente usou faca para ferir cinco pessoas
(Foto: Aislan Henrique/Arquivo Pessoal)
Um adolescente de 17 anos foi morto depois de ter um ataque de fúria, roubar veículos e esfaquear várias vítimas, entre elas um militar, na noite desta quinta-feira (19), em Patos de Minas, no Alto Paranaíba. De acordo com a Polícia Militar (PM), o suspeito usou uma faca e feriu cinco pessoas, inclusive um sargento da polícia, que revidou e atirou contra ele. As vítimas foram socorridas para o Hospital Regional Antônio Dia e o corpo do adolescente foi levado para o IML.
A ação aconteceu em diversos pontos da cidade. Segundo os militares, testemunhas relataram que a primeira vítima do adolescente foi um homem de 50 anos, morador de uma casa na Rua João Messias Marques, no Bairro Sobradinho. O homem foi perseguido pelo suspeito, que o golpeou e saiu correndo para a rua. Nesse momento, ele abordou um motociclista, roubou a moto e fugiu para o Centro da cidade.
jovem morte patos de minas (Foto: Aislan Henrique/Arquivo Pessoal)Suspeito usou moto para chegar ao Centro
(Foto: Aislan Henrique/Arquivo Pessoal)
Em seguida, o adolescente dirigiu até o cruzamento da Rua Petúnias com a Rua Hugo José de Souza, quando colidiu com dois veículos. O rapaz, então, abandonou a motocicleta, rendeu a motorista de um dos carros, de 45 anos, e a golpeou na boca. Após o ato, ele roubou o veículo da mulher e fugiu novamente.
De acordo com os militares, durante o percurso, o suspeito atingiu um motociclista de 21 anos. A vítima sofreu escoriações por causa da batida. Ainda durante a ação, o veículo em que o adolescente estava parou de funcionar. Diante do ocorrido, o suspeito abordou um segundo carro e esfaqueou os dois passageiros - uma mulher de 49, que foi atingida no braço e um jovem de 25 anos, atingido na perna. Depois, fugiu novamente.
Um carro da PM, que estava no cruzamento da Avenida Fátima Porto com a Avenida Brasil, visualizou o suspeito, que seguiu em direção à viatura. Nesse momento, ele desceu do carro e tentou golpear um soldado, que atirou. Mesmo ferido, o adolescente conseguiu esfaquear um sargento na cabeça. Nesse momento, o militar efetuou mais dois disparos contra o criminoso.
jovem morte patos de minas (Foto: Aislan Henrique/Arquivo Pessoal)Adolescente também causou acidente durante fuga
(Foto: Aislan Henrique/Arquivo Pessoal)
Segundo a polícia, o adolescente foi socorrido e encaminhado ao Hospital Regional Antônio Dias, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML).
Já as cinco vítimas foram levadas para o Hospital Regional Antônio Dias. Delas, três já foram liberadas – o sargento, o homem de 50 anos e o jovem de 25 anos atingido na perna. Outras duas vítimas, as mulheres de 45 e 49 anos, permanecem internadas, mas em estado estável.
Ainda segundo a PM, o adolescente era natural de Buritizeiro, no Norte de Minas, e tinha oito passagens pela polícia por dano, lesão corporal, uso de drogas, posse de arma de fogo e furto. O soldado que efetuou os disparos foi encaminhado ao Batalhão da Polícia Militar e permanecerá detido em resguardo até liberação judicial.

MPF tenta barrar Porto Sul de novo

O Ministério Público Federal em Ilhéus tenta, mais uma vez, impedir a construção do Porto Sul. Desta vez ele quer suspender a Licença de Implantação concedida pelo Ibama.

O MPF quer que ela só tenha efeito depois que seja comprovado o cumprimento das condicionantes da Licença Prévia.

Os procuradores alegam que em outubro do ano passado foi assinado um Termo de Ajustamento de Conduta prevendo uma série de medidas antes da liberação da licença.

O documento teria sido assinado por representantes do Ibama, Bahia Mineração e Derba. Mas em setembro deste ano, o Ibama contestou o acordo e a Justiça Federal em Ilhéus rescindiu o TAC.

Neste ano já foram movidas 4 ações assinadas pelos Ministérios Públicos Federal e Estadual e emitidas duas recomendações.

aregião

Cinegrafista morre afogado durante gravações de filme de Jackie Chan

Um cinegrafista que participava da filmagem de um longa produzido e protagonizado pelo ator Jackie Chan, morreu afogado durante as gravações, na ilha de Lantau, em Hong Kong. De acordo com informações do jornal 'China Daily', o ator ainda se atirou na água para tentar salvar o amigo, mas não teve sucesso.
Cinegrafista morre afogado durante gravações de filme de Jackie Chan.
(Foto: Divulgado)
O caso aconteceu depois de uma embarcação de madeira afundar. No momento do acidente, oito membros da equipe de gravação estavam presentes. Sete deles conseguiram se salvar, mas uma das vítimas ficou presa no interior da embarcação. Horas depois, Chan utilizou rede social chinesa 'Weibo' para escrever uma mensagem lamentando o fato de não ter sido capaz de resgatar o membro de sua equipe de gravação.

Morre 11º médico que contraiu ebola em Serra Leoa

Um dos principais médicos de Serra Leoa, Victor Willoughby, morreu ontem, vítima de ebola. Segundo um oficial de saúde, ele era o 11º médico do país a sucumbir à doença. O chefe do escritório de Medicina do país, Brima Kargbo, afirmou que o episódio é uma grande perda para Serra Leoa.
Foto: AFP
“O Dr. Victor Willoughby foi um mentor para nós, médicos, e uma grande perda para a profissão médica”, disse Kargbo. “Ele sempre esteve disponível para ajudar colegas mais jovens”, acrescentou.

Victor Willoughby era o 12º médico do país a ser infectado, sendo que dez já haviam morrido. O diretor médico de Serra Leoa, Brima Kargbo confirmou no sábado que Willoughby, apresentou teste positivo para a doença. Cerca de 1.800 pessoas morreram em Serra Leoa após contrair o vírus.

Médicos e enfermeiros são especialmente vulneráveis. Como o Ebola é transmitido por meio de fluidos corpóreos expelidos quando a pessoa está doente ou morta, é às vezes chamado de “doença dos cuidadores”. Centenas de trabalhadoras do setor de saúde foram infectados dessa maneira.

Chuva adia obra para criar desvio após queda de ponte em Ituberá

A chuva  que provocou a queda da ponte que liga a cidade de Ituberá à vizinha Nilo Peçanha, na BA-001, está impedindo o início das obras de construção de um atalho no local. Segundo o Departamento de Infraestrutura de Transportes da Bahia (Derba), a criação do desvio só poderá ser iniciada quando a chuva diminuir. 
Ponte que dá acesso à Ituberá cai em rio por conta da chuva(Foto: Divulgação/Prefeitura Municipal de Ituberá)
De acordo com o Derba, o material e o equipamento necessários para a construção do atalho já foram disponibilizados. Segundo moradores, continua a chover forte na região. A prefeitura de Ituberá decretou situação de emergência.
A ponte caída era um dos acessos a turistas em direção à turística Itacaré. A essas pessoas, o Derba recomenda seguir  pela BR-101 por Santo Antonio de Jesus ou pelas BR-324 e 101. Sem poder utilizar a Ponte do Barro, principal via de acesso da  cidade, alguns moradores já estão preocupados com um possível desabastecimento no município.
Moradores da região perceberam rachaduras e estalos vindos da estrutura. Após queda, acesso a cidade está interditado (Foto: Divulgação/Prefeitura Municipal de Ituberá)
“A gente está ilhado. Já tem gente que está se abastecendo com medo de faltar comida. O negócio está feio”, afirmou o músico Marcelo Costa. Morador de Ituberá, Marcelo relatou que uma ponte localizada dentro da cidade também está prestes a cair.
Segundo ele, a chuva provocou outros transtornos no local como falta de  água e  de sinal para celular.

Senado aprova projeto que tipifica crime de feminicídio

O plenário do Senado aprovou, na quinta-feira (18), projeto de lei que cria o tipo penal de feminicídio. A proposta foi formulada pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Violência contra a Mulher e estabelece essa tipificação para os assassinatos de mulheres, motivados por questões de gênero.
Senado aprova projeto que tipifica crime de feminicídio(Foto: EBC)
Consideram-se razões de gênero a violência doméstica e familiar, a violência sexual, a desfiguração ou mutilação da vítima ou o emprego de tortura ou qualquer meio cruel e degradante. As penas podem variar de 12 anos a 30 anos de prisão, a depender dos fatores considerados.

Além disso, se forem cometidos crimes conexos, as penas poderão ser somadas, aumentando o total de anos que o criminoso ficará preso, interferindo, assim, no prazo para que ele tenha direito a benefícios como a progressão de regime.

MEC reprova cursos de medicina de Ilhéus e Salvador

Os cursos de medicina em duas faculdades baianas foram reprovados pelo Ministério da Educação (MEC) no Conceito Preliminar de Curso (CPC) de 2013. Ao todo, 154 cursos foram avaliados em todo o Brasil através do Enade. Destes, 17,5% foram reprovados por tiraram uma nota inferior a 3 na escala de números da avaliação, que vai de 1 a 5. Nenhum curso obteve a nota máxima. Na Bahia, dois cursos foram reprovados - o da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), no Sul do Estado, e o da Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC), em Salvador. Todas as instituições que tiveram o conceito considerado "insatisfatório"tiraram nota 2. Os cursos que forem reprovados duas vezes consecutivas, com notas 1 ou 2, têm os vestibulares suspensos. Os dados foram publicados no Diário Oficial da União desta quinta-feira (18). O Enade de 2013 avaliou os cursos de Medicina, Biomedicina, Educação Física, Agronomia, Odontologia, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia e Medicina Veterinária. Também foram avaliados os cursos Fonoaudiologia, Nutrição, Serviço Social, Zootecnia, Tecnologia em Agronegócio, Tecnologia em Gestão Ambiental, Tecnologia em Gestão Hospitalar e Tecnologia em Radiologia.



rbn

Amigos de bancária morta a facadas após crise de ciúme estão perplexos

Daniella foi esfaqueada na noite de quinta-feira (18) (Foto: Reprodução / Facebook)Danielle tinha dois filhos e foi esfaqueada na noite de quinta-feira (18) (Foto: Reprodução/Facebook)






























A morte de uma bancária de Santos, no litoral de São Paulo, causou comoção entre seus amigos nas redes sociais. Danielle Monteiro, de 36 anos, foi assassinada na madrugada de quinta-feira (18), na Praia da Pipa, no litoral Sul potiguar, no Rio Grande do Norte. Segundo a Polícia Civil, o namorado dela, um barman de 34 anos, confessou ter esfaqueado a mulher após uma briga motivada por ciúmes.

A vítima tinha dois filhos, um deles com o suspeito. Em algumas postagens feitas por amigos na internet, o tom é de perplexidade e tristeza após a notícia do assassinato. “Dani, descanse em paz. Querida por todos, a Justiça será feita. Nosso Deus a receberá de braços abertos”, postou o amigo Mauricio Santos.
Faca usada no crime foi encontrada quebrada (Foto: Divulgação/Polícia Civil do RN)Faca usada no crime foi encontrada quebrada
(Foto: Divulgação/Polícia Civil do RN)

Outras pessoas prestaram solidariedade à família de Danielle, que se mudou para o Rio Grande do Norte no fim de 2010 por conta do trabalho. “Em choque. Que Deus te guie nesta nova jornada. Com certeza nos encontraremos um dia. E também dê força para tua família e teu filho, que, assim como nós, terão que esperar para te reencontrar”, disse Bia Rocha.

A briga, que terminou com Danielle sendo atacada a facadas, começou dentro de uma residência e foi parar apenas no meio da rua. A bancária ainda chegou a ser socorrida para o Hospital Regional de Tibau do Sul, mas não resistiu aos ferimentos. O corpo foi levado para a sede do Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep), em Natal. O suspeito foi encaminhado para uma unidade prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça.

O velório e o enterro de Danielle acontecerão em Santos. A família da vítima, que é toda da Baixada Santista, já foi para o Rio Grande do Norte liberar o corpo. Ainda não há horário definido para a cerimônia.
Danielle saiu de Santos em 2010 para trabalhar no Rio Grande do Norte (Foto: Reprodução / Facebook)Danielle saiu de Santos em 2010 para trabalhar no Rio Grande do Norte (Foto: Reprodução/Facebook)

Ilhéus: Câmara realiza sessão extraordinária para apreciar em segunda votação o aumento do IPTU

camarailheus-300x239


Depois da polêmica sessão que aprovou em primeira votação o aumento do IPTU em Ilhéus, a câmara de vereadores vai realizar mais uma sessão, dessa vez extraordinária, no dia 23 de dezembro do corrente ano, às 16h, com a finalidade de votar o projeto de Leis nº 87 e 88 /2014 que institui o Código Tributário e a nova planta genérica do município.

Para a lei valer em 2015, tem que passar por duas votações.

Na primeira sessão, realizada no dia 10 de dezembro, 11 vereadores votaram a favor, um contra, e os vereadores da oposição se retiraram, em protesto contra a aprovação do projeto.

O vereador Josevaldo Machado, não votou devido a sua posição de presidente, mas conduziu a sessão, como o prefeito Jabes Ribeiro ordenou.

Segundo o secretário da mesa, o vereador Ivo Evangelista, a realização da sessão extraordinária é necessária devido ao interstício de 10 dias de uma votação para outra.

agravo

Projeto Basquete de Alto Rendimento fecha ano de 2014 com saldo positivo

A Casa do Basquete recebeu no último final de semana, de sexta a domingo (12 a 14/12), às finais do Campeonato Baiano de Basquetebol adulto masculino. Após temporada fantástica com títulos estaduais inéditos, o basquete da Bahia segue crescendo alcançando à segunda divisão em todas as categorias de base.

Participaram do quadrangular final equipes de Senhor do Bonfim, Ilhéus, E.C. Vitória/ Facul. 2 de Julho e a Academia TBJ/Petrobahia que na final conquistou o título inédito da competição. Entre os dias 5 e 7 de dezembro, a Casa do Basquete sediou o quadrangular final da 3ª Taça Governador do Estado do Basquete, em que a equipe de Senhor do Bonfim conquistou o título inédito do Sub-17 masculino. Na categoria Sub-15 masculina, a equipe do Colégio Salesiano venceu de forma invicta a competição.

A Taça Governador do Estado de Basquete é uma iniciativa da Asbradec em parceria com a Federação Bahiana de Basketball e conta com o apoio do Governo do Estado, por meio da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb).

Os frutos da grande temporada 2014 do Basquete baiano ainda estão sendo colhidos. Em um curto espaço de tempo, as seleções baianas conquistaram seus objetivos nos Brasileiros de Base permanecendo em todas as categorias na segunda divisão em 2014, possibilitando assim, atingir o objetivo já em 2015 com o acesso à primeira divisão.

Participaram da cerimônia de premiação diversas autoridades que apoiam o projeto Basquete de Alto Rendimento da Bahia. Representando o Governo do Estado, o diretor geral da Sudesb, Elias Dourado, além do deputado estadual eleito Raimundo Nonato, Bobô, o vereador Everaldo Augusto, o presidente da Confederação Brasileira de Basketball, Carlos Nunes, entre outras autoridades. Elias Dourado manteve o compromisso de continuar apoiando o basquete baiano.
 

Hildécio faz apelo à defesa civil para ajudar os municípios do Baixo Sul atingidos pelas chuvas‏

Sensibilizado com a situação das cidades do Baixo Sul, atingidas pelas fortes chuvas nas últimas 24 horas, o deputado estadual eleito, Hildécio Meireles (PMDB) solicita providências às autoridades, no sentido de minimizar os danos causados pelas fortes chuvas no sul do da Bahia.

Segundo Meireles, cidades como Valença, Cairu, Nilo Peçanha, Taperoá, Igrapiúna, Camamu, estão em estado de alerta. O desabamento de duas pontes – a Ponte do Barro, em Ituberá e a Ponte do Camurugi, em Nilo Peçanha, interdita a BA 001, que liga os municípios do Baixo Sul, e deixa as cidades completamente ilhadas. 

Hildécio faz um apelo à Defesa Civil do Governo da Bahia, para que envie equipes à região. Segundo ele, centenas de famílias estão desabrigadas e existe o risco de deslizamento de terra em várias áreas críticas, o que coloca em risco a segurança da população.

SINDICATO DOS RADIALISTAS DE ILHÉUS REALIZA SEMINÁRIO SOBRE ‘CRIMES CONTRA A HONRA’

Em continuidade às ações voltadas para o conhecimento e aprendizado do profissional da radiodifusão, o Sindicato dos Radialistas de Ilhéus (STERTI) vai realizar um seminário sobre Crimes Contra a Honra, que terão como facilitadores Magistrados e operadores do direito.

O evento vai acontecer em fevereiro próximo (investimento e data em aberto) no auditório central da Associação Comercial de Ilhéus e é destinado prioritariamente aos profissionais da radiodifusão. Também será aberto à imprensa regional. 

O objetivo da palestra é propiciar aos participantes a abordagem de elementos essenciais à prática e conduta do profissional de imprensa, com foco na liberdade de expressão e, especialmente, dos crimes tipificados contra a honra, previstos nos artigos 138 a 145 do Código Penal. 

As inscrições deverão ser presenciais e deverão acontecer a partir do dia 5 de janeiro/2015, na sede do STERTI. Mais informações: www.sindicato.radio.tv.ilheus@gmail.com 

SINDICATO DOS RADIALISTAS DE ILHÉUS, 18/12/2014.

ELIAS REIS



Presidente

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Homem mata mulher após ver textos de traição no WhatsApp



Uma mulher de 25 anos foi morta pelo companheiro com golpes de facão na manhã desta quinta-feira (18) em um sítio no Distrito de Taiaçupeba, em Mogi das Cruzes (SP). Segundo a Polícia Militar, o homem de 34 anos confessou ter matado a mulher depois de ler mensagens no aplicativo WhatsApp. O casal estava junto há quase dois anos.

"Ele disse que estava desconfiado da traição há um tempo, que já tinha visto mensagens antes e que hoje pela manhã voltou a ver", informou Antônio Carlos Bono, 1º sargento da Polícia Militar. A PM qualificou o crime como passional. O celular com as supostas mensagens não foi encontrado pelos policiais no local do assassinato.
Polícia apreendeu facas e enxadas usadas pelo suspeito de matar a companheira em Mogi das Cruzes (Foto: Polícia Militar/ Divulgação)Polícia apreendeu facas e enxadas usadas pelo
suspeito de matar a companheira em
Mogi das Cruzes
(Foto: Polícia Militar/ Divulgação)


De acordo com Bono, o marido relatou ter ido tirar satisfação com a esposa e que ela confessou ter uma relação extraconjugal com o chefe. A vítima trabalhava em uma loja de roupas íntimas, na região central de Mogi das Cruzes. A mulher também teria dito que iria viver com o chefe na casa dos dois, por isso o marido deveria ir embora.

O tenente da PM Fábio Shultze informou que a mãe do suspeito presenciou a briga e tentou intervir, mas acabou ferida com golpes de facão pelo próprio filho. "A genitora correu para a base de Taiaçupeba, onde a PM irradiou a ocorrência e as equipes chegaram logo em seguida", disse o tenente. Em seguida, a mãe do suspeito foi levada para receber cuidados médicos.
Esposa foi morta pelo marido em Taiaçupeba após assumir relacionamento extraconjugal (Foto: Polícia Militar/ Divulgação)Mulher foi morta pelo marido após assumir traição,
diz PM (Foto: Polícia Militar/ Divulgação)


Cova
Segundo a Polícia Militar, os policiais chegaram ao sítio pouco tempo depois do crime, quando o homem estava tentando esconder o corpo. "Quando chegamos ao local ele estava cavando um buraco para colocar o corpo dentro da cova. Ele já havia tomado banho inclusive", afirmou o tenente Shultze.

Segundo o sargento Bono, o suspeito havia levado o corpo da companheira para o alto do morro, próximo ao buraco que estava cavando. Ele não resistiu à prisão. "Assim que chegamos, ele já confessou o crime. Disse que perdeu a cabeça por ter descoberto a traição", afirmou o sargento.

Na casa, foram aprendidos três facões, uma enxada, um carrinho de mão e um enxadão. O suspeito foi levado para o 4º Distrito Policial, em Jundiapeba, onde o caso foi registrado como homicídio qualificado.

Relembre as mortes que marcaram o ano de 2014

O ano de 2014 também foi marcado pelas mortes. A mais trágica delas, sem dúvidas, foi a do político Eduardo Campos. O candidato à Presidência da República pelo PSB morreu depois que o avião em que ele estava caiu em Santos. Seis pessoas da sua equipe de campanha também estavam no jato.
Relembre as mortes que marcaram o ano de 2014. Neste ano, o Brasil chorou a morte de gênios da literaturas, artistas renomados, políticos e ídolos do futebol
Os restos mortais do político foi enterrado sob gritos de "guerreiro do povo brasileiro". Na Bahia, algumas mortes também causaram comoção. A prefeita de São Francisco do Conde, Rilza Valentim, não resistiu a uma embolia pulmonar provocada por conta da doença que sofria, a anemia falciforme.
Em 2014 também perdemos o ex-prefeito de Salvador, Renan Baleeiro; o prefeito de Dom Basílio, no Sudoeste da Bahia, Marilton Tanajura Matias, e o arquiteto João da Gama Filgueiras Lima, o Lelé, responsável pelos projetos do Hospital Sarah Kubitschek, do Palácio Thomé de Souza, onde funciona a prefeitura, do Centro Administrativo da Bahia e de passarelas de Salvador.
Empresários que marcaram a história do país também faleceram neste ano. Norberto Odebrecht, engenheiro e fundador do Grupo Odebrecht, morreu aos 93 anos no Hospital Cárdio Pulmonar, em Salvador. Além dele, partiram Hugo Miguel Etchenique, fundador da Brastemp, uma das mais importantes indústrias do país; Antônio Ermírio de Moraes, presidente de honra do Grupo Votorantim e Samuel Klein, fundador da rede de lojas de eletrodomésticos, Casas Bahia. 
Brasileiros também se despediram de muitos artistas em 2014. Alguns já estavam doentes, comoPaulo Goulart, que morreu aos 81 anos, vítima de câncer, e do ator Hugo Carvana, 77 anos, que também lutava contra a doença.
Já as mortes mais inesperadas de 2014 foram as do ator José Wilker, vítima de infarto fulminante enquanto dormia em sua residência no Rio de Janeiro, e a do ator Robin Williams, declarada oficialmente como "suicídio".
O mundo também chorou com a perda do humorista Roberto Bolaños, conhecido por interpretar o famoso personagem Chaves e do ator norte-americano Philip Seymour Hoffman, de 46 anos, que foi encontrado morto no apartamento onde morava, em Nova York.
Outras perdas que chamaram atenção da mídia foram as do humorista baiano Canarinho, do compositor e cantor Nelson Ned, e do ator baiano Nilson Mendes. O mundo da música foi pego de surpresa com a morte do cantor Jair Rodrigues e do último integrante da formação original da banda Ramones que ainda estava vivo, Tommy Ramone, aos 62 anos.
Outras personalidades conhecidas nacionalmente que partiram em 2014 foram a vidente Benedicta Finazza, mais conhecida como Mãe Dináh, e o sucateiro "Seu Lunga".
O universo das letras perdeu em 2014, seus maiores gênios. Em janeiro, Anna Amélia Vieira Nascimento, membro da Academia de Letras da Bahia, morreu aos 83 anos. Em abril, oescritor colombiano Gabriel Garcia Márquez, morreu aos 87 anos na Cidade do México.
O ganhador do prêmio Nobel de Literatura enfrentava as limitações da demência senil, como a perda de memória. Nacionalmente conhecido, o escritor e acadêmico baiano João Ubaldo Ribeiro morreu aos 73 anos. Ele estava em casa, no Leblon, Zona Sul do Rio, quando teve uma embolia pulmonar.
Nascido em Itaparica, na Bahia, João Ubaldo era o 7º ocupante da cadeira número 34 da Academia Brasileira de Letras desde 1993. A ABL também perdeu outro grande nome da literatura nacional, Ariano Suassuna, que morreu aos 87 anos após sofrer um AVC hemorrágico.
O escritor e dramaturgo recebeu diversas homenagens emocionantes na internet, como a do ator Matheus Nachtergaele, que interpretou João Grilo em "O Auto do Compadecida". Em 2014 também nos despedimos de Rubem Alves, escritor e educador; do cartunista Antônio Luiz Ramos Cedraz, criador da Turma do Xaxado, e do poeta Manoel de Barros.
Notícias ruins também circularam no futebol, como a morte do ex-atacante Fernandão, ídolo do Internacional, vítima de um acidente de helicóptero aos 36 anos, e do ex-atacante baiano Washington, que morreu aos 54 de esclerose lateral amiotrófica, doença degenerativa.
Também nos despedimos do campeão do mundo como capitão da Seleção Brasileira em 1958, Bellini. O ex-técnico do Vitória em 2003, Lori Sandri, morreu vítima de câncer no cérebro. O Brasil também lamentou a morte do apresentador e narrador Maurício Torres, do narrador Luciano do Valle e do médico e comentarista da Band, Osmar de Oliveira.

Hildécio Meireles é diplomado para primeiro mandato na ALBA‏

Uma solenidade no Auditório Iemanjá, do Centro de Convenções da Bahia, realizada na tarde desta segunda-feira (15), marcou a diplomação dos deputados estaduais eleitos em outubro passado.

O deputado estadual Hildécio Meireles, eleito com 48.143 votos, é o primeiro deputado eleito para representar a região do Baixo Sul da Bahia. Meireles, é ex-prefeito de Cairu por três mandatos e pela primeira vez assume uma cadeira na Assembleia Legislativa da Bahia.

Durante a solenidade foram diplomados ainda o novo governador Rui Costa, o vice, João Leão, senador Otto Alencar, os deputados federais, estaduais e seus primeiros suplentes. Com este ato, o TRE-BA encerrou oficialmente, no Estado, o processo eleitoral 2014.

Após a diplomação, o deputado reafimou o compromisso com a promoção de políticas de desenvolvimento para as cidades do Baixo Sul. “Seremos representantes de um povo que vive do trabalho em uma das regiões mais belas, mas ainda com muitas desigualdades e contradições. Serei deputado da Bahia, mas com os olhos sempre voltados para o Baixo Sul”, destacou Hildécio Meireles.

A sessão solene de posse do deputado Hildécio Meireles e demais parlamentares diplomados que vão compor o Legislativo baiano será no dia 1º de fevereiro de 2015.

Homem gasta R$ 400 mil para ficar parecido com Kim Kardashian

Um fã inglês da socialite Kim Kardashian gastou 100 mil libras (mais de R$ 400 mil) para tentar ficar parecido com a morena. Ele fez plásticas, tatuou a sobrancelha e fez mais de 50 injeções de botox nos lábios em busca do objetivo.

Jordam James Parke contou ao tabloide "The Sun" sua história. Ele posta suas fotos no Instagram em poses buscando imitar a musa. "Nunca me senti incomodado comigo e rio das pessoas que tentam me insultar dizendo que pareço de plástico e de mentira", revelou Jordan. "Eu amo tudo sobre a Kim. Ela é a mulher mais linda do mundo", acredita.
Veja fotos:
(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução/Instagram)
(Foto: Reprodução/Instagram)

Câmara aprova aumento de salário para STF, parlamentares e Presidência


A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira, 17, o aumento salarial dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), do Procurador-Geral da República e dos deputados e senadores. Caso o texto receba o aval do Senado Federal, esses cargos passarão a ganhar R$ 33.763 por mês.

Os deputados também chancelaram os novos vencimentos da presidente Dilma Rousseff, do vice-presidente Michel Temer e de ministros de Estado, que a partir de 2015 receberão R$ 30.934,7 mensais, ou 15,76% a mais do que o valor atual (R$ 26.723,13). A matéria também precisa passar pelo Senado. O último reajuste para o comando do Executivo foi dado no final de 2010.

Os deputados e senadores recebiam mensalmente, também desde 2011, os mesmos R$ 26.723,13. Eles decidiram, no entanto, igualar seus salários aos da cúpula do Judiciário e do Ministério Público Federal, cujos subsídios, que são o teto do funcionalismo público, estão hoje em R$ 29.462,25. A equiparação salarial é uma bandeira dos deputados, que atuam inclusive para aprovar uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que cria um “gatilho” para reajustar automaticamente os vencimentos dos congressistas sempre que os ministros do Supremo receberem um aumento.

Os deputados, no entanto, atenderam apenas parcialmente o pleito dos ministros do Supremo, que pediram inicial uma atualização maior, para R$ 35.919,05. De acordo com dados da Consultoria de Orçamento da Câmara dos Deputados, o impacto dos novos valores para 2015 é de, no mínimo, R$ 553,2 milhões no Orçamento da União. Esse cálculo, no entanto, não leva em conta o “efeito cascata” que a correção dos subsídios dos integrantes do Supremo Tribunal Federal causa nas carreiras nos Estados, uma vez que o salário dos ministros da Corte é o teto do funcionalismo público.

Depois de aprovarem os novos salários, os deputados também tentaram passar uma atualização salarial para os membros da Defensoria Pública da União. Mas, preocupado com o aumento de despesas diante da necessidade de ajuste nas contas públicas, o governo barrou a votação. Foi feito um acordo para voltar a debater a matéria no ano que vem.

Hospitais universitários abrem inscrições de concursos com 964 vagas na Bahia e em todo o país

A Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), vinculada ao Ministério da Educação (MEC), abriu inscrições de três processos seletivos com um total de 964 vagas distribuídas por todo o Brasil para profissionais de níveis médio/técnico e superior.
Na Bahia, há vagas para a Maternidade Climério de Oliveira da Universidade Federal da Bahia (MCO-UFBA) e para o Hospital Universitário Professor Edgard Santos da Universidade Federal da Bahia (Hupes-UFBA).
Foto: EBC
Do total de Oportunidades, 640 serão para a área médica, 306 para a assistencial e 18 para a administrativa. Os salários variam entre R$1.730,25 e R$8.252,10, com jornadas que podem ser de 24, 36 ou 40 horas semanais, dependendo do cargo. Entre os cargos disponíveis estão médicos em diversas especialidades, enfermeiro, técnico em radiologia, técnico em saúde bucal, analista administrativo, engenheiros, entre outros.
Os interessados poderão se inscrever até o dia 19 de janeiro, no site do Instituto AOCP, organizador do certame. Serão disponibilizados também postos de inscrição presenciais. As taxas são de R$70, R$90 e R$130.
A primeira etapa dos três concursos está prevista para acontecer no dia 1º de março de 2015, e será composta por prova objetiva de Conhecimentos Básicos e Específicos. Os aprovados enfrentarão ainda a segunda etapa de avaliação de títulos e de experiência profissional.

HOMICIDA PRESO PELA POLICIA DE UNA


Policiais Civis da DP de Una cumpriram mandado de prisão preventiva expedido pelo Juízo Criminal, nas primeiras horas da manhã desta terça-feira (16). O mandado foi em desfavor de Elenilson Canuto Ribeiro (Nicolau). Ele foi preso pela PM em 15 de janeiro, mas conseguiu o benefício da liberdade provisória. Nicolau é acusado de junto com Valdei Santos da Cruz (na foto, à direita) ter assassinado Ney Malatirado com mais de trinta facadas próximo a um campo de futebol, no distrito de Colônia. Valdei encontra-se foragido da Justiça. Com a liberdade provisória, Nicolau voltou a aprontar no distrito de Colônia ameaçando testemunhas, moradores e um empresário na localidade. Há informações de que Nicolau chegou a atirar na casa de um desafeto na rua Ângelo Paulino, no distrito, mas conseguiu escapar do flagrante. A viatura estava passando no local na hora do episódio.

(Una na Mídia)

LADRÕES DE GALINHAS PRESOS PELA POLÍCIA MILITAR NO NELSON

Eles trabalhavam na Granja Asa Branca e roubavam galinhas da patroa.


Por: Ednei Bomfim

RODOVIA ITUBERÁ/VALENÇA INTERDITADA

 As fortes chuvas que vem caindo na região, criou uma cratera, destruindo a rodovia Ba 001, deixando o local interditado. Técnicos do Derba ainda não foram acompanhar a situação.

Juiz do Maranhão que perdeu voo e mandou prender funcionários da TAM é afastado.




SÃO LUÍS — O juiz Marcelo Testa Baldochi – que mandou prender três funcionários da empresa aérea TAM, no aeroporto de Imperatriz (a 636 km de São Luís), após chegar atrasado para um voo e ser impedido de embarcar – foi afastado de suas funções na manhã desta quarta-feira. Também foi aberto um processo administrativo disciplinar (PAD) contra o magistrado. O juiz pode recorrer da decisão.

O afastamento, por tempo indeterminado, foi decidido na última sessão ordinária do Tribunal de Justiça do Maranhão antes do recesso de fim de ano. O desembargador Antonio Fernando Bayma Araujo, que presidiu a comissão de sindicância do TJ-MA, foi a Imperatriz nesta semana ouvir os envolvidos. Hoje, ele propôs no plenário do TJ-MA o afastamento do juiz.

— Ficou evidenciado, no caso, o abuso de autoridade do magistrado e seu mau exemplo para o todo o Poder Judiciário — disse ele ao GLOBO.

O episódio da prisão dos três funcionários da TAM ocorreu na noite do último dia 6, no aeroporto Renato Cortez Moreira, em Imperatriz, e foi gravado em uma celular por uma pessoa que estava no guichê da empresa aérea.





— Quietinho. O senhor está presinho, não sai daqui. Pra aprender a respeitar o consumidor — diz o magistrado a um atendente da empresa aérea. — E o senhor também — afirma o juiz a outro funcionário que supostamente tenta intervir a favor do colega.

A Polícia Militar foi chamada e conduziu três funcionários apontados pelo juiz ao Plantão da 10ª Delegacia Regional de Imperatriz. Eles foram ouvidos e, em seguida, liberados. Um dos funcionários conduzidos à polícia, o despachante de voo Argemiro Augusto, disse a colegas de trabalho que se sentiu “humilhado” pelo juiz, já que os procedimentos de embarque tinham sido encerrados.

Outro funcionário conduzido, o agente de bagagem Alessandro Rodrigues, afirmou, em reportagem do “Fantástico”, que “é triste para um pai de família sair de casa para trabalhar e de repente se deparar com uma situação dessa”.

CARTA PÚBLICA NA INTERNET

Até agora, o juiz não quis falar diretamente com a imprensa mas, diante da repercussão do caso, Marcelo Baldochi prestou esclarecimentos em carta pública divulgada na internet:

“O voo marcado para as 21h02 admitia o embarque, segundo as normas de aviação civil e do que consta do próprio bilhete, 15 minutos antes da partida”, disse.

“Todavia, mesmo com o check-in em mãos, às 20h32, os passageiros Marcelo Baldochi e Camila Costa foram impedidos de embarcar sob a alegação de que deveriam estar no local às 20h”, relatou o juiz.

O magistrado ainda disse que o agente da TAM não prestou qualquer informação e disse que “não era problema dele”, isolando-se numa sala da companhia. Baldochi informou ter registrado às 20h42 uma ocorrência na Infraero/Anac contra a companhia e seu agente. Por fim Baldochi ainda afirmou que “o agente incorreu em ilícito civil e criminal, e toda e qualquer pessoa pode dar voz de prisão e chamar a polícia”.

“Está na lei e ali se fazia presente um consumidor que exigia seus direitos”, completou.

TRABALHO ESCRAVO

O magistrado é paulista e atuou por mais de seis anos na comarca de Senador La Rocque. Ele estava na 4ª Vara Cível de Imperatriz. Baldochi já foi acusado pela fiscalização do grupo móvel do Ministério do Trabalho, em 2007, de se utilizar de 25 trabalhadores em situação degradante (análoga à escravidão) numa propriedade sua – a Fazenda Pôr do Sol, em Bom Jardim (MA). Em 2011, Marcelo Baldochi foi condenado pela Justiça maranhense a indenizar em R$ 31 mil quatro desses trabalhadores – um deles menor de idade, na época.

Três entidades da magistratura – Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Associação dos Magistrados do Maranhão (AMMA) e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seccional Maranhão – condenaram a atitude do juiz de dar voz de prisão aos trabalhadores da empresa aérea após chegar atrasado ao aeroporto e perder o voo.

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Prefeito Jabes Ribeiro manda presidente Jó violentar a Câmara de Vereadores de Ilhéus

O fato é que, na Constituição Municipal (Lei Orgânica art. 25), estabelece: “O Poder Legislativo é exercido pela Câmara Municipal, composta de Vereadores, eleitos na forma determinada na Constituição Federal vigente.”. Em Ilhéus, tem mais um vereador que se chama por osmose Jabes Ribeiro. 


Pois bem, no art. 27 da citada lei, este impõe, que: “A Câmara Municipal reunir-se á, ordinariamente, em Sessão Legislativa anual, de 15 de fevereiro a 30 de junho e de 1º de agosto a 15 de dezembro. O §4º do artigo supra, é muito claro e taxativo, quando, em caráter excepcional, define que: “A convocação extraordinária da Câmara Municipal far-se-á pelo seu Presidente pelo Prefeito ou a requerimento da maioria dos vereadores, em caso de urgência ou de interesse público relevante. É de se vê que, o “código tributário” não tramitou na casa em regime de urgência nem é no momento de interesse público relevante. Ao contrário, é de revolta da população pela maneira como quer impor o prefeito ditador uma PL, que só chegou há um pouco mais de um mês na Câmara, onde não se oportunizou os munícipes no sentido de participarem do debate democraticamente. (Era indispensável uma audiência pública previamente agendada).


Entendemos que, se Presidente da Câmara teimar em fazer a sessão no dia 23 de dezembro do ano em curso, para aprovar o “novo Código Tributário” estará praticando ato de sua competência, contra expressa disposição de lei, com consequências danosas para o povo e o Poder Legislativo. O povo precisa de explicações do Vereador do PC do B com urgência! Informações do site O Defensor

Maria do Rosário protocola no STF queixa-crime contra Bolsonaro


A deputada federal Maria do Rosário (PT-RS) protocolou nesta terça-feira (16) queixa-crime no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ). Na última terça-feira (9), durante discurso no plenário da Câmara, Bolsonaro disse que que não estupraria a deputada porque "ela não merece”. Na ação, Maria do Rosário alega que foi vítima de injúria, calúnia e difamação.

Na saída do STF, dezenas de manifestantes entoavam gritos a favor dos direitos das mulheres. Além deles, algumas deputadas, como Jandira Feghali (PcdoB-RJ), Erika Kokay (PT-DF) e Jô Moraes (PcdoB-MG), acompanharam Maria do Rosário até a Corte.

Maria do Rosário informou que, além da queixa-crime, entrou também com uma ação por danos morais contra Bolsonaro. Segundo ela, a indenização será revertida para entidades que trabalham com direitos de mulheres vítimas de violência no Brasil. A petista ressaltou que é dever dos parlamentares "darem exemplos positivos" para a sociedade e disse acreditar que o Congresso Nacional "dará uma resposta" à Bolsonaro.

"Eu não faço isso por mim, eu faço por todas as mulheres brasileiras, porque ninguém merece ser estuprada. Eu não aceito que dentro do Congresso Nacional e em nenhum outro lugar exista a incitação a violência, a calúnia, a difamação e a injúria, como muitas mulheres sofrem todos os dias no Brasil", afirmou a deputada.

A líder da bancada feminina na Câmara, Jô Moraes (PCdoB-MG), disse que a atitude de Bolsonaro é "intolerável". Segundo ela, se a Câmara não punir o deputado, ficará "desmoralizada".

"Se a Câmara dos Deputados não punir alguém que em seu plenário incita o crime, ela será desmoralizada perante a sociedade. Por isso, eu acredito que haverá uma punição, porque senão, o povo brasileiro não respeitará o Congresso que o representa", enfatizou a deputada.

Discussão em plenário
O ataque de Bolsonaro foi em reação a um discurso da petista em plenário contra a ditadura. Em sua fala, Maria do Rosário, que foi ministra da Secretaria de Direitos Humanos, chamou a ditadura militar no Brasil (1964-1985) de “vergonha absoluta”.

Militar da reserva, o deputado foi à tribuna em seguida e repetiu a mesma ofensa dirigida a Maria do Rosário em 2003, quando os dois discutiram em um corredor da Câmara. No momento da fala do deputado, Maria do Rosário deixou o plenário.

"Fica aí, Maria do Rosário, fica. Há poucos dias, tu me chamou de estuprador, no Salão Verde, e eu falei que não ia estuprar você porque você não merece. Fica aqui pra ouvir", disse.

“Ele, de fato, agride a todas as mulheres [com o seu discurso]. Eu só quero poder vir para a Câmara dos Deputados, porque eu fui eleita, e trabalhar”, afirmou.'Peço que o mantenha longe'
Depois da sessão da última terça, a deputada disse que a atitude do Bolsonaro agredia não só a ela, mas a todas as mulheres, e fez um apelo à direção da Câmara para que o “mantenha longe”.

E completou: “Eu não quero que os pronunciamentos sejam comentados, eu não quero ser agredida por esse senhor. Eu peço à Mesa da Câmara que o mantenha longe, que o mantenha distante. Essas ameaças são típicas de quem fala em tortura. Não aceito”.

Dias depois, em entrevista ao jornal “Zero Hora”, Bolsonaro falou sobre o episódio e justificou a fala. “Ela não merece porque ela é muito ruim, porque ela é muito feia, não faz meu gênero, jamais a estupraria. Eu não sou estuprador, mas, se fosse, não iria estuprar, porque não merece”, disse o deputado.

Processos
Nesta terça, o Conselho de Ética da Câmara instaurou processo disciplinar contra Bolsonaro após requerimento do PT, PC do B, PSB e PSOL, que pedem a cassação do mandato parlamentar por quebra de decoro parlamentar. Eles argumentam que Bolsonaro, “de forma reincidente, discrimina, induz e incita a discriminação étnica, racial e de gênero”.

Na última segunda-feira (15), a vice procuradora-geral da República, Ela Wiecko, apresentoudenúncia contra Bolsonaro no Superior Tribunal de Justiça (STF) por incitação ao crime de estupro.

A Primeira Turma do STF decidirá se a denúncia será aberta ação penal contra o deputado. Caso condenado, Bolsonaro pode ser punido com pena de 3 a 6 meses de prisão, mais multa.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Thales Farias