domingo, 1 de fevereiro de 2015

Estado Islâmico divulga vídeo com execução de jornalista japonês

O Estado Islâmico divulgou na internet uma gravação que mostra a execução do jornalista japonês Kenji Goto. O terrorista no vídeo, que fala inglês com sotaque britânico, diz que devem ser considerados culpados pela morte de Goto o Ocidente e o governo japonês. As imagens foram divulgadas em páginas ligadas a grupos extremistas. 


"Por causa de sua decisão precipitada em participar desta guerra invencível, esta faca não irá apenas sacrificar Kenji, mas também vai continuar a causar carnificina onde quer que seu povo esteja. Então, que comece o pesadelo para o Japão", afirmou o terrorista, se dirigindo ao premiê japonês, Shinzo Abe.

Venceu na sexta-feira (30) um prazo que o grupo deu para que uma iraquiana que foi condenada à morte na Jordânia por participar de atos terroristas fosse libertada. O grupo havia dito que caso ela fosse solta, Goto e um piloto jordaniano, capturado no ano passado, seriam libertados. Não se conhece o destino do piloto no momento.

Gasolina pode passar de R$ 4 em algumas cidades baianas a partir deste domingo

A gasolina, o álcool e o diesel ficam mais caros em todo o Brasil a partir do domingo (1º). Na Bahia, o aumento pode fazer com que em algumas cidades o valor ultrapasse os R$ 4, segundo estimativas do Sindicombustíveis. 


O aumento da gasolina foi anunciado pelo governo federal em um pacote de reajuste de impostos. O acréscimo para os donos de impostos é de R$ 0,40. Na capital baiana, onde o litro de gasolina custa atualmente de R$ 3,14 a R$ 3,30, a previsão é de que o valor fique em R$ 3,60. Mas em cidades como Porto Seguro, o preço pode passar dos R$ 4 - chegando a R$ 4,13.

Em Itabuna, onde a gasolina custa de R$ 3,19 a R$ 3,23, o valor deve chegar a R$ 3,60. Em Feira, o valor ficará próximo de R$ 3,56. 

O reajuste no preço final deve ser decidido por cada posto, segundo o presidente do Sindicombustíveis, José Augusto Costa.

Homem é preso por estuprar passageira em ônibus

Marivaldo Cosme dos Santos, 46 anos, foi preso nesta sexta-feira, 30, acusado de estuprar uma mulher no ônibus da empresa São Cristóvão que fazia a linha Pirajá/Pituba. O caso ocorreu na Rua das Rosas, na Pituba, às 7h40. 

A vítima, que trabalha como babá e não quis revelar o nome, afirmou que o homem começou a encostar na perna dela e chegou a ejacular. "Os passageiros ainda tentaram bater nele, mas eu não deixei e preferi que chamassem a polícia", informou a vítima.

Segundo o delegado titular da 16ª Delegacia Territorial (Pituba), Nilton Tormes, o ônibus estava cheio quando Marivaldo esfregou o órgão genital na perna da vítima e ejaculou. "Ele se aproveitou que a vítima estava em pé e o espaço estava apertado para esfregar a genitália dele nela", disse. "A moça pediu diversas vezes que ele se afastasse quando percebeu que a calça dele já estava molhada", afirmou o delegado.

Marivaldo foi levado por policiais da 13ª Companhia Independente de Polícia Militar à delegacia, onde foi autuado em flagrante por estupro. "Antigamente só era considerado estupro quando havia conjunção carnal, mas houve uma atualização na lei e no artigo já consta que estupro são atos libidinosos com agressão e ameaça", explicou o delegado. "Se alguém beijar outra pessoa à força e a pessoa não quiser o beijo, isso é estupro", enfatizou o delegado.

Ainda segundo o delegado, uma outra mulher que estava no mesmo ônibus tinha sido assediada por Marivaldo antes. "Essa moça que já tinha sido assediada antes ajudou a parar o coletivo quando percebeu que ele tinha ejaculado se esfregando na vítima", disse o delegado Nilton Tormes. Essa mulher que ajudou a vítima e que tinha sido assediada antes não chegou a prestar depoimento.

As roupas da vítima e do acusado foram encaminhadas à perícia para materialização do caso.

MENOR ASSASSINADO ESTAVA COM ARMA DE BRINQUEDO NA CINTURA

Um jovem identificado como Guilherme Nery dos Santos Magalhães, 15 anos, foi morto nesta noite de Sexta - feira 30, no bairro Santo Antônio, em Itabuna.A policia ainda não forneceu mais detalhes sobre a morte do menor.

TRAVESTIS EXTORQUIAM CLIENTES COM FILMAGENS

Dois membros de uma quadrilha de travestis que extorquiam dinheiro de clientes foram presos, após uma das vítimas fazer a denúncia à polícia, em Bairro de Fátima, na Serra. O travesti Fabiano Soares Gomes, 26 anos, identificado como Ana Flávia, estava no apartamento onde as extorsões aconteciam, junto com o comparsa, Brian O’Neil de Mello Santos, 28 anos. Segundo o delegado titular do Distrito Policial de Jardim Camburi, Ícaro Ruginski, o golpe começava quando o cliente procurava os serviços da travesti em um site de divulgação. O valor do programa era combinado antes, e o cliente ia até o apartamento alugado por Ana Flávia, em Bairro de Fátima, onde as relações aconteciam.Um engenheiro agrônomo, 32, foi a vítima. “Ele combinou o valor de R$ 200 com ela. Quando ele chegou, foi surpreendido pelos dois. O Brian tirava fotos e filmava a vítima. Enquanto isso, eles exigiam mais dinheiro, se não espalhariam vídeos e fotos na internet e ainda fariam escândalos para a família dele”, afirmou Ruginski. Segundo o delegado, o engenheiro foi obrigado a passar R$ 2,4 mil em uma máquina de cartão de crédito usada pela dupla, que ainda ficou com um relógio e um par de óculos da vítima.
Não satisfeitos, Brian e Ana Flávia ainda exigiram mais R$ 5 mil do engenheiro, para que as imagens não fossem divulgadas. Desesperado, ele procurou o Distrito Policial.
Victor Muniz/gazeta

sábado, 31 de janeiro de 2015

Vereador é suspenso por piada sobre a morte de Eduardo Campos



O vereador André Henrique da Silva (PMDB), o “Tigrão”, foi suspenso das atividades por dez dias pela Câmara Municipal de Limeira (SP). Por 10 votos a 4, os vereadores aprovaram nesta quinta-feira, 29, o afastamento do colega a pedido da Comissão de Ética em razão de uma piada publicada na internet sobre a morte do candidato à presidência, Eduardo Campos (PSB).

O suplente Bruno Bortolan (PMDB) foi notificado e deve assumir o gabinete na próxima segunda-feira, 2 de fevereiro, enquanto o parlamentar estiver suspenso. Tigrão foi condenado porque publicou em seu perfil no Instagram, em 13 de agosto, uma montagem com a foto da queda do avião do Eduardo Campos tendo abaixo a imagem da presidente Dilma Rousseff (PT), com a seguinte frase “Mandei derrubar mesmo e se reclamar mando derrubar o do Aécio”.

O afastamento foi o mal menor para o vereador, que inicialmente teve a cassação recomendada pela Corregedoria da Câmara. Mas o parecer final da Comissão de Ética que foi levado a plenário optou pelo afastamento.

De acordo com a investigação interna, a postagem da piada foi originada do celular de Tigrão e ocorreu logo após a informação sobre a morte de Eduardo Campos. Para a maioria dos vereadores, houve quebra de decoro parlamentar, sendo a relatora do processo a vereadora Erika Tank (Pros).

<bgt;Defesa
</bgt;Falando à comissão, na Câmara Municipal, Tigrão afirmou que não teria sido ele o responsável pela postagem no Instagram - rede social de fotos. Ele alega que tomou ciência da postagem da imagem apenas no dia seguinte.

“Pedi para minha assessora me ajudar a apagar a foto, pois não sabia como apagar”, disse em depoimento. De acordo com ele, tudo isso teria ocorrido porque ele esqueceu o celular por horas sobre uma mureta enquanto realizava uma “ouvidoria”.

Procurador-geral pede que ex-diretor da Petrobras volte a ser preso

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, emitiu parecer favorável à prisão preventiva do ex-diretor de Serviços e Engenharia da Petrobras Renato de Souza Duque, ao analisar o mérito de habeas corpus ajuizado por ele no Supremo Tribunal Federal. Duque foi preso em novembro de 2014 por determinação da 13.ª Vara Federal de Curitiba, base da Operação Lava Jato, a pedido do Ministério Público Federal no Paraná e solto depois por decisão do ministro do Supremo Teori Zavascki.


A Procuradoria e a Polícia Federal atribuem a Duque envolvimento direto com esquema de corrupção e propinas que se instalou na Petrobras. Ele chegou ao cargo indicado pelo PT. A força-tarefa do Ministério Público Federal avalia que já dispõe de elementos suficientes para afirmar que a Diretoria de Serviços da Petrobrás, na gestão de Renato Duque, captou cerca de R$ 650 milhões em propinas sobre contratos fechados de 2004 a 2012 com as seis empreiteiras que teriam integrado cartel para assumir negócios bilionários na estatal. Pedro Barusco, que foi gerente executivo e braço direito de Duque, fez delação premiada e abriu mão de US$ 100 milhões.

Os procuradores federais que investigam o caso vão denunciar Duque por corrupção. Janot vê motivos para a prisão do ex-diretor da Petrobras, e considera insuficientes medidas substitutivas, como proibição de deixar o País e obrigação de entregar o passaporte. No parecer, o procurador-geral argumenta que Duque “possui inúmeras possibilidades, notadamente financeiras a partir de dezenas de milhões de reais angariados por práticas criminosas, de se evadir por inúmeros meios e sem mínimo controle seguro, especialmente se consideradas as continentais e incontroladas fronteiras brasileiras”.

TJBA abre seleção pública com 1.251 vagas de nível superior; saiba quem pode concorre

TJBA abre seleção pública com 1.251 vagas de nível superior; saiba quem pode concorrer (Foto: GOVBA/Divulgação)


O Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJBA) divulgou o edital para seleção pública de juiz leigo e conciliador no Diário da Justiça Eletrônico desta sexta-feira (30). São oferecidas 1.251 vagas, sendo 498 para juiz leigo e 753 para conciliador. Podem concorrer bacharéis em Direito, Serviço Social, Administração e Psicologia. As inscrições começam nesta segunda (2) e devem ser feitas até 2 de março, pelo site da Consultec.

Os aprovados vão prestar serviço ao tribunal e serão remunerados de acordo com a produtividade. Cada conciliação realizada custa R$ 35. Caso não se chegue a um acordo entre as partes, o valor cai para R$ 17,50. A jornada de trabalho é de 30 horas semanais. O valor máximo mensal a ser pago ao conciliador é de R$ 3.091,26, enquanto a remuneração dos juízes leigos não pode ultrapassar R$ 8.558,52. A inscrição custa R$ 11,14 para conciliador e R$ 19 para juiz leigo.


Serão aceitas inscrições de acadêmicos destas áreas a partir do sétimo semestre para as vagas de conciliador. Para a vaga de juiz leigo, poderão concorrer apenas advogados com dois anos de carreira. O exercício das funções não terá vínculo empregatício ou estatutário e será temporário.


A seleção ocorrerá por meio de prova escrita objetiva e avaliação de títulos. As vagas serão distribuídas em todas as comarcas baianas. A prova está marcada para o dia 29 de março. A seleção pública tem validade de dois anos, contados da data de homologação do resultado final, prorrogável por igual período, a critério do TJBA.

Polícia prende suspeito de matar pai da atriz Isabelle Drumond

A Polícia Civil prendeu, nesta sexta-feira (30), em Mauá, no ABC Paulista, um suspeito de participação na morte do gerente de posto de gasolina Fernando Luiz Drummond Xavier, pai da atriz Isabelle Drummond. A atriz Isabelle Drumond tinha 12 anos quando o pai foi assassinado.
Segundo informações da polícia, Francisco Heronaldo Rodrigues foi preso na casa onde morava e confessou ser o procurado pelo crime. O pai da atriz morreu aos 45 anos, com dois tiros no rosto, durante uma tentativa de assalto ocorrida em 16 de fevereiro de 2007 em Niterói, no Rio de Janeiro.
Ele chegava a uma agência bancária com R$ 7 mil quando foi surpreendido pelos criminosos. Após dispararem na vítima, os ladrões fugiram sem levar o dinheiro. De acordo com a polícia de Mauá, o suspeito vivia há 8 anos em Mauá e usava uma identidade falsa.
Antes da tragédia: Isabelle posa para foto com pais e irmã.(Foto: Reprodução)
Francisco Heronaldo era conhecido na região como "Carioca". O suspeito foi localizado nesta manhã e chegou a tentar negar a autoria do crime, mas depois confirmou ser o procurado.
Na casa dele, foram encontrados o RG falso que ele usava e uma arma calibre 32. O suspeito era mototaxista na área do Morro do Jacaré na época do crime.
Segundo as investigações, ele conheceu um homem que já havia trabalhado no posto de gasolina e conhecia a rotina do gerente. Eles e mais dois homens teriam planejado o assalto. A motivação do crime seria arranjar dinheiro para pagar uma dívida de R$ 10 mil. O suspeito de ser o autor dos disparos foi preso em março do mesmo ano.

Casal é preso em Feira de Santana depois de comprar bebê por R$ 5 mil


Um casal foi preso em Feira de Santana, a 109 km de Salvador, acusado de comprar um bebê de oito dias de vida. O menino nasceu em Fortaleza, de onde é sua família. Hailton Cerqueira Chagas, 39 anos, e a mulher, Nocília de Souza Rocha, 40 anos, foram até a cidade e voltaram com a criança. Os dois responderão por adoção ilegal.

Segundo informações da 1ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), a informação chegou depois da denúncia. A avó biológica da criança está em Feira de Santana e será ouvida. A Polícia Federal também se envolveu na operação e a mãe da criança deve ser ouvida em Fortaleza, mas ainda não há informação sobre ela.

Em depoimento, Hailton e a mulher disseram que souberam através de conhecidos que havia uma mulher grávida que estava disposta a abrir mão do filho e negociaram para comprar o garoto e criá-lo. Apesar do depoimento, a polícia duvida da versão e acredita que eles fazem parte de uma rede de tráfico humano. A participação dos dois em uma quadrilha está sendo investigada. Inicialmente os dois negaram a COMPRA e disseram que acharam o bebê na porta de casa, no Conjunto Feira IV.

O valor da negociação teria sido de R$ 5 mil, mas nenhum dos dois quis dizer no depoimento quanto pagou pelo menino. A criança está em um hospital da cidade e depois será encaminhada ao Conselho Tutelar. Os dois presos foram autuados por adoção ilegal, podem ficar até seis anos presos e serão encaminhados ao presídio de Feira de Santana.

Em concurso, vice não aceita derrota e arranca coroa de Miss Amazonas

A edição 2015 do concurso Miss Amazonas terminou em confusão na noite de sexta-feira (30). Ao ouvir o resultado, que deu a vitória à Carol Toledo, a segunda colocada, Sheislaine Hayalla, arrancou a coroa da vencedora. A reação da vice causou tumulto e corre-corre no Centro de Convenções Vasco Vasques - Zona Centro-Oeste de Manaus -, onde foi realizado o concurso.Veja a galeria de fotos do Miss Amazonas 2015.

Ao G1, Sheislane disse que não aceitou o resultado. "Simplesmente, em Manaus, é o dinheiro que manda e eu estou mostrando para o povo amazonense que o dinheiro não manda aqui. Ela não mereceu!", reclamou a concorrente.
Antes da confusão, campeã e vice aguardaram o resultado de mãos dadas (Foto: Marcos Dantas/G1 AM)Antes da confusão, campeã (de azul) e vice (de vermelho) aguardaram o resultado de mãos dadas (Foto: Marcos Dantas/G1 AM)


A reportagem chegou a procurar a organização do concurso, que não quis falar sobre o ocorrido e nem sobre uma possível punição a Sheislane. As finalistas do segundo ao quinto lugar devem participar de concursos ao longo do ano.

Vitoriosa, Carol não fala sobre "coroa arrancada"
A vencedora não quis comentar a confusão e preferiu falar sobre a vitória. "É uma emoção inexplicável. Eu não tenho palavras para descrever o que estou sentindo. É um frio na barriga muito gostoso. É uma honra poder representar o meu estado no Miss Brasil. Eu vou honrar com toda a garra e o povo amazonense vai ter muito orgulho de mim", garantiu.
Carolina Toledo foi a grande vencedora do Miss Amazonas 2015 (Foto: Marcos Dantas/G1 AM)Carolina Toledo foi a grande vencedora do Miss Amazonas 2015 (Foto: Marcos Dantas/G1 AM)
Aos 20 anos, Carol deve representar o Amazonas na versão nacional do concurso. Em entrevista, ela disse que deve começar logo a preparação para ser escolhida a mulher mais bonita do Brasil. "Uma Miss não pode ter só beleza. Além do carisma, ela tem que ter uma representação ativa na sociedade e é por isso que estou aqui. Não sou só um rostinho bonito. Quero me engajar em muitas causas sociais, mas o primeiro passo é comemorar com a minha família. Eu não estaria aqui se não fosse por eles", enfatizou.
*Colaborou Clayton Pascarelli, da TV Amazonas

Jovem que tirou selfie após capotar lamenta vazamento de fotos e diz ter medo de sair na rua

Não são só as feridas dos machucados causados pelo acidente que incomodam a estudante Amanda Machado, de 17 anos. A jovem, que ficou conhecida por compartilhar selfies após capotar de carro na estrada que liga as cidades paranaenses de Palotina e Terra Roxa, lamenta o fato de as imagens terem viralizado e reclama de comentários ofensivos que tem recebido desde então. Ainda se recuperando do acidente, ela conta que evita sair de casa, pois têm sido criticada e “olhada de forma diferente” pelos vizinhos.

— Foi um acidente muito horrível, eu não queria que tivesse ganhado essa proporção tão enorme. Tem muita gente dizendo que a gente está tentando se aproveitar, para GANHAR fama em cima disso. Imagina? Ontem eu precisei sair na rua e todo mundo ficou me olhando. Sabe aquele momento em que todo mundo se cutuca? Aí ficam: “Olha, olha. É ela”. Horrível, dá medo — lamenta a estudante, que estava acompanhada do amigo Maurício Cruz, de 24 anos, que também não tinha carteira de habilitação.
A sequência de imagens que Amanda enviou pelo Snapchat, antes e depois do acidente
A sequência de imagens que Amanda enviou pelo Snapchat, antes e depois do acidente Foto: Reprodução

Amanda explica que só decidiu compartilhar as fotos no aplicativo Snapchat após tentar, sem sucesso, fazer contato com a família. Ela esclarece que, por falta de sinal, não conseguiu fazer ligações e nem enviar as fotos, que só foram compartilhadas quando ela deixou o local e o aparelho voltou a funcionar.

— Eu tentei ligar. Não sei se porque a gente estava na estrada, não estava pegando direito o celular. Tentei ligar pro meu pai, não consegui. Tentei mandar áudio no WhatsApp, nada. Aí eu comecei a me desesperar. O Maurício só do meu lado pedindo desculpa e eu desesperada. Compartilhei as fotos no Snapchat pra que alguém pudesse ver, mas também não carregou. Só quando a gente saiu de lá que eu comecei a receber ligação, o sinal voltou e as fotos carregaram, tanto pro WhatsApp quanto pro Snapchat — esclarece Amanda, que, nas fotos, mostra que o veículo chegou a atingir a velocidade de 180 km/h.
A paranaense teve ferimentos no joelho e teve que levar pontos
A paranaense teve ferimentos no joelho e teve que levar pontos Foto: Reprodução / Via WhatsApp

Com ferimentos na cabeça, no pulso e no joelho, a estudante aguarda a data para retirar os pontos. Maurício — que foi procurado pela reportagem do EXTRA, mas não foi encontrado — teve a perna quebrada, foi atendido no Hospital Bom Jesus, em Toledo, e foi liberado. Segundo Amanda, o celular do rapaz quebrou no acidente.

De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual do Paraná, o caso foi encaminhado à Polícia Civil, que está responsável pelas investigações sobre o acidente. Os dois envolvidos devem ser ouvidos nos próximos dias.

MULHER APRENDENDO JOGOU ECO SPORT DENTRO DO RIO CACHOEIRA EM ITABUNA


A jovem Samile Alves Santos Lima, estava aprendendo a dirigir em um veículo Eco Sport, na rua da Burundanga, na Mangabinha, em Itabuna, quando perdeu o controle, jogando o veículo dentro do rio Cachoeira. A vítima foi socorrida por populares e não sofreu nenhum hematoma.

ITAPETINGA: FÁBRICA VULCABRAS AZALEIA DEMITE 680 FUNCIONÁRIOS

Nesta sexta-feira a Vulcabras Azaleia demitiu 680 funcionários da fábrica em Itapetinga e pode causar um impacto devastador na economia no município. A fábrica vem enfrentando uma crise por conta da forte concorrência do mercado asiático que atinge prioritariamente o segmento que produz tênis e calçados esportivos – carro chefe do portfólio da Vulcabras Azaleia na Bahia. A empresa detém marcas como Reebok e Olympikus.


Em 2012 a Vulcabras demitiu aproximadamente sete mil funcionários em todo o estado, fechando galpões em várias cidades adjacentes a Itapetinga, causando grande impacto r na economia dos seis municípios-sede das fábricas.
A expectativa é que o governo federal consiga intervir para resolver o problema, com a adoção de medidas protecionistas para preservar os empregos.



 Blog políticos do sul da bahia.

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

A Câmara de Vereadores lamenta com pesar o Falecimento do ex-vereador Raimundo Alves,

Conhecido como Raimundo de Inema, fato ocorrido na última segunda-feira, dia 26/01, às 14h, no Hospital Regional de Ilhéus, vítima de um AVC. O ex-vereador era viúvo, tinha 76 anos e deixa seis filhos.

O Presidente da Câmara de Vereadores de Ilhéus, Tarcísio Paixão, e todos os parlamentares ilheenses consternados, enviam sentimentos e votos de solidariedade aos familiares e amigos que perderam um grande homem e, ao povo de Ilhéus que perdeu um defensor das causas sociais e batalhador aguerrido da política local.

ASCOM/CÂMARA MUNICIPAL DE ILHÉUS

BRANCOS, NEGROS E ÍNDIOS ou CRÔNICA DE UM COLONIZADOR ARREPENDIDO

Um dia, há muito tempo, nós brancos viemos com nossos navios e armas, e após muito navegarmos descobrimos que havia novos mundos, novas terras, novas plantas e animais, e novas pessoas. Mas não reconhecemos as pessoas como pessoas.

Atados ao orgulho, à ilusão que geramos a partir de nossas roupas e livros, impérios e armas, negamos aos irmãos a condição de irmãos, e mergulhamos nos crimes mais hediondos.

Não vimos no índio, que convivia em paz e na harmonia possível com a natureza, nada além de preguiça e primitivismo. Não percebemos que, ao descansar na rede depois de caçar e pescar, após cumprir as tarefas de cada dia, o índio se permitia gozar da alegria simples do dever cumprido, coisa que até hoje todos nós tanto almejamos.

Não vimos no negro alegre e livre senão um braço a ser escravizado horrorosamente, destruindo sua família, sua cultura e sua liberdade ao ponto destes irmãos não lamentarem mais, após tantos sofrimentos, a perda da própria vida.

Não percebemos nas mulheres negras e índias nada além de objeto de gozo e abuso, negando-lhes estupidamente a condição de pessoas e de mulheres dotadas de dignidade, razão e direito de viver. E o estupro que as infelicitou profundamente até hoje se reflete sobre a sociedade que originamos, em forma de graves desequilíbrios familiares e morais, que mesmo após 400 anos de Colonização ainda reverberam.

Quanto às crianças nativas, simplesmente as massacramos ou ignoramos impiedosamente, abandonando-as a si próprias, como nem mesmo os animais fazem no seio da natureza. Nem sequer àquelas geradas conosco pelas nativas tivemos - em regra quase absoluta - a humanidade de reconhecê-las como legítimos filhos e filhas.

Por que não aprendemos com a alegria simples e natural dos negros? Com a paciência e sentimento de bem-estar com a natureza dos índios?

Por que não fizemos das nativas nossas mulheres para além do sexo? Por que não assumimos e amparamos nossos próprios filhos?

Imprescindível se faz vermos e reconhecermos tudo isto, pois se não mais agimos da mesma forma talvez não seja tanto porque nós nos melhoramos, mas porque a sociedade e as leis do mundo atual não mais o permitem. E só por isso.

Faz-se necessário bom uso da luz da razão e humildade. Amor ao próximo e sabedoria. Sentimento e responsabilidade. Tolerância e respeito. Para que nós - brancos e não brancos, homens e mulheres – não venhamos a cometer os mesmos terríveis crimes, já agora disfarçados sob a roupagem dos dias de hoje.



Julio Cezar de Oliveira Gomes é graduado em História e em Direito pela UESC – Universidade Estadual de Santa Cruz. e-mail: juliogomesartigos@gmail.com

O gene da corrupção‏




É simples -- 95% de todas as doações para as campanhas eleitorais vieram de empresas privadas. Uma ação no STF quer acabar com esses repasses milionários para candidatos e seus partidos políticos, mas o processo emperrou nas mãos de um único ministro: Gilmar Mendes. Mas até agora ninguém conseguiu convencê-lo -- assine e compartilhe:

assine a peticao

Neste momento corre uma ação no STF que pode proibir empresas de doarem milhões para candidatos e partidos políticos. Especialistas dizem que esse é o "gene da corrupção” e, para combatê-lo, precisaremos de todos. 

95% de todas as doações para campanhas eleitorais foram feitas por grandes empresas -- inclusive as envolvidas no escândalo Lava-jato. É assim que as empresas investem para então ganhar em troca acesso ao poder e influência, mas isso está prestes a mudar. 

A maioria dos ministros do STF já votou pelo fim dessas doações, mas o processo emperrou nas mãos de um único ministro: Gilmar Mendes. 

Ninguém conseguiu convencê-lo ainda -- e nessa segunda-feira ele volta ao trabalho. É o momento que precisávamos. Ele sabe que não pode segurar a decisão para sempre, mas sem pressão ele vai levando. Vamos surpreender o ministro na volta das suas férias e mostrar a ele que centenas de milhares de brasileiros se uniram contra o gene da corrupção. Assine para conseguirmos a maior mudança da política brasileira nos últimos anos -- depois repasse para todos:


Se essa ação judicial da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no STF for aprovada, nossa Constituição passará a dizer que só cidadãos podem escolher os representantes políticos. Hoje, os principais doadores acabam influenciando as eleições e são recompensados com a lealdade e contratos públicos generosos após seus candidatos serem eleitos. Pesquisas mostram que a cada R$1 doado por uma empresa a um candidato, R$8,50 retornam por meio de contratos públicos -- um lucro exorbitante das empresas às custas de nosso voto

Os que se opõem à mudança dizem que se proibirmos doações de empresas, aumentará o fluxo de dinheiro pelo caixa dois, o que tornará investigações mais difíceis. Mas o caixa dois já existe hoje e pouco se fez para impedir que aconteça! Se empresas não puderem contribuir com candidatos, será mais simples detectar campanhas com muito dinheiro e o caixa dois deve secar. 

A lei permite que ministros peçam vista de um processo por apenas 10 dias, mas uma manobra burocrática vem segurando o julgamento já há 10 meses. Há indícios de que ele está esperando deputados que, assim como ele, são favoráveis ao dinheiro de pessoas jurídicas e preferem legalizar as doações de empresas mudando a Constituição de uma vez. 

Mas o que Gilmar precisa saber é que o Brasil não pode mais esperar! Junte-se a essa ação urgente agora -- vamos engrossar o apelo da OAB com nossas vozes e abraçar essa chance de salvar o país da corrupção:


A relação entre o dinheiro e a política é um mal neste país. Mas cada vez mais, a voz do povo tem transformado os canais de poder e forçado por mudança. Foi assim quando ajudamos a aprovar a Ficha Limpa, com a PEC contra o voto secreto e muitas outras vitórias. Vamos nos unir mais uma vez e vencer mais uma batalha pela nossa democracia. 

Com esperança e determinação, 

Michael, Joseph, Diego, Nana, Carol, Maria Paz, Luis e toda a equipe da Avaaz 

O TRADICIONAL BLOCO DOS RADIALISTAS, DEBOCHE, INVADIRÁ AVENIDA DE NOVO

Comandado pelo grande amigo e radialista Cleofas Santos, o tradicional e organizado Bloco Deboche já confirma sua presença na avenida no Carnaval este ano. Em conversa mantida com nossa equipe, que fazemos parte da classe, embora não participamos do mesmo por sermos religiosos, Cleofas afirmou que todas as medidas já foram tomadas para a segurança do folião e que as camisas já estão à dispisição. Um marco deste Bloco estar na união das familias, vez que desfilam crianças, adultos, casados, solteiros e nunca foi registrado nenhum acontecimento ruim , além da boa música que traz o carnaval realmente tradicional e a organização.




Cinco dias após ser enterrado, 'gato zumbi' volta para sua casa



Uma história macabra aconteceu em Tampa, nos Estados Unidos, e está intrigando especialistas. Bart é um gato que está famoso na cidade após ter “voltado à vida” cinco dias depois de ter sido enterrado. Não por menos, tem sido chamado pela imprensa local de “gato milagroso” ou, claro, “gato zumbi”.

Tufo começou quando Ellis Hutson, dono de Bart, o encontrou na rua, vitimado por um atropelamento. O gato não apresentava sinais vitais e estava fortemente machucado. Chocado com a cena, ele pediu a um vizinho que enterrasse o animal. Para sua surpresa, cinco dias depois, o animal apareceu todo machucado no quintal de sua casa.

Surpreso, Ellis chamou veterinários para tratar o olho machucado e a mandíbula quebrada do animal. Bart, então, foi encaminhado para um abrigo onde começou a receber todos os cuidados para que que seguisse vivo. O tratamento surtiu efeito e o felino, agora, está quase pronto para voltar para casa.

“Ele é um animal muito valente, forte e também amigável”, explica Sherry Silk, dona do abrigo que, por meio de doações, cuida de animais feridos como Bart. “Estamos na fase de remoção do tubo que ele usa para se alimentar. Concluído isso, esperamos devolvê-lo ao seu dono ainda no começo da próxima semana”.
O gato Bart recebe atendimento em entidade de proteção aos animais na Flórida após passar por cirurgia no rosto e perder um olho (Foto: Humane Society of Tampa Bay/AP)O gato Bart recebe atendimento em entidade de proteção aos animais na Flórida após passar por cirurgia no rosto e perder um olho (Foto: Humane Society of Tampa Bay/AP)


Sherry Silk, que trabalha com animais há três décadas, disse que também nunca havia visto nada igual, apesar de um veterinário que trabalha para a Human Society ter visto um caso parecido de um cachorro que foi enterrado após um acidente e voltou poucos dias depois.

Bart realmente parece ter estado debaixo da terra, porque quando chegou ao abrigo tinha vermes nas feridas, disse Silk, segundo a France Presse.

O gato foi submetido na terça-feira a várias cirurgias para extirpar o olho lesionado e consertar a mandíbula. Nesta quarta-feira se recupera com rapidez, embora ainda esteja sendo alimentado por um tubo.

“Uma vez que comece a se alimentar sozinho vamos remover o tubo. Se tudo correr bem, esperamos devolvê-lo ao seu dono no início da próxima semana”, disse Silk.

Bart, que tem um ano e meio, é um “gato valente, forte e muito amigável”, completou a dona do abrigo, que custeia as operações dos animais graças a doações.

Eleito com apoio do PT, Otto diz que vai ‘lutar’ contra medidas adotadas por Dilma


Eleito com mais de 3,3 milhões de votos, o senador Otto Alencar (PSD) disse que vai “lutar para que seja revisto o texto das medidas provisórias 664 e 665”, que dizem sobra a alteração das regras do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) e da Previdência Social, aumentando o rigor para a concessão do abono salarial, do seguro-desemprego, do seguro-defeso dos pescadores artesanais, a pensão por morte e o auxílio-doença. As mudanças entraram em vigor após a publicação, mas precisam ser ratificadas em 120 dias pelo Congresso Nacional ou perdem a validade. “Sempre estive ao lado dos trabalhadores. Tenho total compromisso com essa pauta. Por isto, vou lutar pela revisão das duas medidas provisórias”, adiantou.









bahianoticias








Homem se entrega após tentar assaltar loja e ser ignorado: ‘não sou bom pra roubos’



Um homem entrou em uma loja de doces para tentar fazer um assalto, mas foi ignorado por um funcionário. Depois de constatar que a polícia já estava atrás dele, resolveu se entregar afirmando que não era muito bom "para essa coisa de roubo".

Stewart Charles McNeal, de 34 anos, entrou no estabelecimento por volta de 00h20m da quarta-feira da semana passada, armado e com uma máscara. Ele aguardou na fila por uns minutos e, quando chegou ao balcão, mostrou a arma. O atendente, porém, o ignorou e foi ouvir os pedidos de outra pessoa

Segundo a polícia, McNeal tirou a máscara e ficou esperando o funcionário entender que era um assalto para que ele pudesse começar a ação. Mas ele desistiu de esperar e levou uma quantia não revelada da caixa registradora.

McNeal fugiu em um Honda, que foi dirigido por um cúmplice, que se chamaria Chris e ainda está sendo procurado. O homem disse à polícia que, ao ver a foto dele espalhada por todo lugar, resolveu se entregar.

Ele alegou que a arma que usou não era de verdade. McNeal está sendo acusado de roubo com arma de fogo e terá de pagar uma fiança de cerca de R$ 60 mil. O assalto seria para ele comprar bebidas e drogas.

Mãe de 4 filhos mortos em acidente diz à polícia que ex era 'doente' Segundo delegado, mulher disse que já havia sido ameaçada pelo ex-marido. Pai, que também morreu, é suspeito de causar batida de forma proposital.


Mãe das quatro crianças que morreram com o pai, Marcos Aurélio Almeida Santos, de 42 anos, em um acidente na BR-070, Samara Alves da Silva, de 24, disse em depoimento à polícia que considerava o ex-marido "mentalmente doente". De acordo com o delegado Adriano Pereira Melo, responsável pelo caso, a mulher afirmou que nunca imaginaria que o homem, suspeito de ter causado o acidente de forma proposital, poderia fazer algo de mal para os filhos.  
O acidente ocorreu no sábado (24), em Cocalzinho de Goiás, no Entorno do Distrito Federal. Marcos e os quatro filhos, sendo três meninos e uma menina com idades entre 2 e 5 anos, estavam no Renault Clio que bateu de frente com o caminhão ao tentar fazer uma ultrapassagem em local permitido.
O depoimento ocorreu na quinta-feira (28) e segundo o delegado, a jovem estava muito abalada. Ela ainda tem dificuldades em relatar detalhes da relação dos dois, mas afirmou que ele já havia feito ameaças. “Ele já fez tratamento para bipolaridade, tomava remédios controlados e já tinha falado que cometeria suicídio, mas nunca disse que faria nada com os filhos. A Samara já tinha feito boletins de ocorrência contra ele, que mostra essa convivência conturbada”, explicou.
Agora, o delegado ainda espera o resultado do laudo da perícia sobre o acidente e também o depoimento oficial do caminhoneiro. No último dia 27, o motorista do caminhão disse, informalmente ao delegado, que Marcos “arremessou” o automóvel contra o veículo de carga.No depoimento, a mãe das crianças relatou que teve um relacionamento com Marcos durante sete anos, mas, devido às constantes brigas e ameaças, pediu uma medida protetiva à Justiça em dezembro do ano passado. "Entretanto, no último dia 22, foi concedida uma autorização para que ele visitasse os filhos. “No dia 24, quando ele teve a primeira chance de visitar as crianças, ocorreu o acidente, que tudo leva a crer que foi proposital”, disse o delegado.
“O caminhoneiro disse que em momento algum ele [pai] esboçou reação de tirar o pé, de frear. Ele fez foi acelerar o veículo”, disse o delegado na ocasião.
Colisão proposital
A Polícia Civil acredita que o pai provocou a colisão. Um dos indícios que levam a esta linha de investigação é uma carta deixada pelo pai para a mãe dos filhos, Samara Alves da Silva, que mora em Brazlândia (DF). No texto, Marcos diz que ela nunca mais verá as crianças.

Trecho final da carta que o motorista entregou a ex-mulher minutos antes do acidente (Foto: Reprodução)Trecho final da carta que o motorista entregou a ex-mulher momentos antes do acidente (Foto: Reprodução)

Para o delegado, o relato do caminhoneiro reforça que a colisão foi proposital. De acordo com o motorista, que saiu ileso e teve a identidade preservada, ele tentou evitar a colisão e alertar o motorista do automóvel, mas foi em vão.
“Ele afirmou que tentou frear e buzinou. Como a via é de mão simples, ele tentou jogar o veículo no acostamento e, segundo ele, o motorista seguiu a direção do caminhão, tanto que a colisão ocorreu próximo ao acostamento”, disse o delegado.
Acidente entre carro e caminhão mata motorista e 4 crianças em Cocalzinho de Goiás, diz PRF (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)Ocupantes do veículo de passei morreram na hora
(Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)
Outro indício que confirma a hipótese da polícia é em relação à ultrapassagem. Além de no local ser permitido fazer a manobra, quando ocorreu a batida, o pai já tinha ultrapassado o carro que seguia na mesma pista.
“Ele já tinha acabado a manobra de ultrapassagem, já podia ter voltado para a pista dele, mas não voltou. Ele quis conduzir no sentido contrário, a intenção era colidir com o caminhão”, acredita Melo.
Investigação
A investigação foi iniciada no 1º Distrito Policial de Águas Lindas de Goiás, já que no município em que o acidente ocorreu, Cocalzinho de Goiás, não havia delegado plantonista. Assim, o caso foi transferido na segunda-feira (26) para a delegacia da cidade vizinha,.

PM e ex-jogador são detidos por dar aulas de atividade física sem registro

Três pessoas foram encaminhadas para a Delegacia do Consumidor (Decon) durante a manhã desta quinta-feira (29) depois de serem flagradas por fiscais do Conselho Regional de Educação Física exercendo ilegalmente a profissão. Eles estavam orientando e prescrevendo atividades físicas nas praias no Costa Azul e em Patamares. 


Fiscais foram às praias (Foto: Divulgação)

"Diante da grande dificuldade observada para a realização das Operações do CFRE13/BA-SE em ambientes abertos, a exemplo das praias, consideramos satisfatória a parceria do Conselho com a Decon, pois atingimos o nosso objetivo nessa fase da Operação, e pessoas que vinham sendo observadas na irregularidade foram enquadradas dentro do que está previsto na lei", diz o Conselheiro do Conselho Regional de Educação Fisica da Bahia (CREF), Heitor Prates, que acompanhou a ação.

Um policial militar, José Antonio Bispo Sena, foi encontrado pelos fiscais ministrando aula de treinamento funcional na praia de Patamares. Ele não aceitou ser conduzido pela Polícia Civil, segundo nota, e foi necessário chamar uma viatura da Polícia Militar. Depois de algumas horas, ele foi encaminhado para a Decon. O PM trabalhava com o ex-jogador de futebol Raimundo Nonato Santos Soares que também foi encaminhado à delegacia por não ter registro.

O terceiro detido foi Olavo Gadelha de Abreu Junior, flagrado dando aula de futevôlei para adultos na praia da Costa Azul, também sem registro. Segundo a agente Tatiana Alves, todos três infringiram o artigo 47 do decreto Lei 3688/41, que regulamenta a profissão de Educação Física.

Após perder 95kg, jovem faz campanha e consegue cirurgia plástica gratuita

Uma americana de 19 anos que perdeu 95kg com reeducação alimentar e exercícios físicos vai realizar um outro sonho. Por conta da grande PERDA DE PESO, Kaitlyn Smith ficou com um excesso de pele provocado pelo emagrecimento radical, e realizou uma campanha para pagar pela cirurgia plástica. 
"Eu só quero me sentir bonita na minha própria pele", disse a americana. Ela vai realizar três cirurgias para remover o excesso de pele (Foto: Reprodução/GoFundMe)
Tudo começou em 2012, quando a jovem começou a ter medo de sair de casa por causa do seu tamanho. Ela chegou a consultar um médico sobre a possibilidade de fazer uma cirurgia bariátrica, mas não foi bem recebida.
Por conta da grande PERDA DE PESO, Kaitlyn Smith ficou com um excesso de pele provocado pelo emagrecimento radical (Foto: Reprodução/GoFundMe)
"Ele [o médico]  foi grosseiro e disse que eu nunca teria uma aparência normal", relembrou a americana durante uma entrevista ao jornal Portland Leader. "Eu deixei o consultório aos prantos, e meus pais ficaram furiosos. Isso me fez sentir muito mal e assustada".
Após perder 95kg, jovem faz campanha 
e consegue cirurgia plástica gratuita
(Foto: Reprodução/Facebook)
Após o incidente, os pais de Kaitlyn procuraram uma consultora de saúde e personal trainer, que auxiliou a jovem durante o seu processo de emagrecimento.
"No início eu ache que ela seria um sargento que só daria ordens. Eu achei que não teria sucesso, pois já havia tentado várias dietas".
Só que a determinação da americana deu certo, e a jovem que uma vez ouviu que não chegaria aos 25 anos por conta da obesidade hoje já perdeu 95kg. Foi aí que ficou claro a necessidade da cirurgia de remoção da pele em excesso.
Só que apesar do médico da garota considerar a cirurgia 'necessária', o plano de saúde dela determinou que o procedimento seria 'estético' e se recusou a cobrir os custos da operação, que sairiam em cerca de R$ 135 mil.
Sem perder as esperanças, Kaitlyn lançou uma campanha na internet, através do site GoFundMe, onde pediu que os internautas contribuíssem para sua cirurgia.
Ela chegou a arrecadar cerca de R$ 18 mil durante a campanha quando um cirurgião plástico de Miami conheceu a sua história e se ofereceu para realizar os procedimentos gratuitamente.
Kaitlyn não vai devolver o dinheiro, e sim usar o valor arrecadado para cobrir os custos da sua viagem para Miami. 
A americana deverá ficar por pelo menos duas semanas após a realização das três cirurgias. A primeira delas está marcada para o dia 19 de fevereiro.  
"Eu só quero me sentir bonita na minha própria pele", disse a americana. "Eu já tive muito sucesso, e gostaria de continuar provando para mim e para os outros que este tipo de mudança é possível".

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Thales Farias